Nos anos 80 quando as danças urbanas estouraram, a mídia frequentemente usava o termo “breakdance” como se ele fosse o nome para o conjunto das danças urbanas. O que a maioria das pessoas não sabiam era que dentro destes estilos existiam outras sub-culturas, cada uma com sua própria identidade.

Breakdance, ou b-boying como é mais apropriadamente conhecido, tem suas raízes na costa leste dos EUA, que é fortemente influenciada pelo break beat e pelo Hip Hop. O termo “Funk Styles” foi criado para dar uma uma identidade própria para alguns estilos e separá-los da Cultura Hip Hop. Popping, Locking e Boogaloo são estilos criados na costa oeste dos EUA durante a era FUNK, e apesar de que estes estilos foram adotados pelo movimento hip hop, suas raízes devem ser reconhecidas como provenientes do funk. Portanto, pertencem aos FUNK STYLES.

O nascimento do Popping e Boogaloo

Numa cidade chamada Fresno, California, vivia um rapaz tímido chamado Sam. Em 1975, inspirado a criar um estilo próprio de dança após ter visto os originais Lockers apresentando-se na TV, ele juntou diversos movimentos do que seriam futuramente o Boogaloo ou Boog Style. Este nome veio do antigo som de James Brown “Do the boogaloo”. Um dia quando Sam estava dançando pela casa, seu tio disse “Garoto, boogaloo!”. Ele ficou intrigado e perguntou, “O que é Boogaloo?” , “Isso significa cair na dança” respondeu seu tio. A partir daquele dia ele ficou conhecido como Boogaloo Sam.

Muitas pessoas não sabem o que é o estilo boogaloo ou como fazê-lo. Boogaloo é um fluid style que utiliza todas as partes do corpo. Ele envolve o uso de ângulos e incorpora movimentos para fazer tudo fluir em conjunto, muitas vezes usando giros no quadril, joelhos e cabeça. Fazendo “coisas estranhas” com suas pernas, e cobrindo varias áreas no palco com “walkouts” ou outras transições para ir de um ponto para o ponto seguinte. Embora seja descrito como fluido, por favor note que Boogaloo é diferente do estilo conhecido como Waving.

Popping é outro estilo criado por Sam. Pessoas confundem sobre o que ele é, e pensam que é o nome para o conjunto de todos os estilos do movimento Funk (1970’s California). E não é. Popping é um estilo em si, que envolve estalar as pernas para trás e contrair seus músculos de forma contínua com a batida da música. Popping é um estilo único. Não é o nome universal para todos os Funk Styles. Se você pop, então você é um popper. Se você wave, então você é um waver. Se você boogaloo, você é um boogalooer, e assim por diante.

Sam sussurava a palavra “pop” toda vez que ele contraía enquanto dançava, semelhante à forma como alguém poderia fazer os barulhos da máquina quando eles fazem o robô, Sam dizia a palavra “pop, pop, pop”. As pessoas pediam a ele: “Ei, faça aquela coisa de contrair!”

Um monte de gente pergunta “O que é Electric Boogaloo style?”. Electric Boogaloo Style é a combinação dos estilos Popping e Boogaloo. Os dois estilos se completam e são a assinatura dos EB’s.

Outros estilos

Enquanto Sam estava criando o Popping e o Boogaloo, outros criavam e praticavam seus próprio estilos. Naquele tempo muitas áreas da costa oeste, como Oakland, Sacramento e San Francisco, eram conhecidas pelo seus próprios estilos, e cada um com um história rica.

Embora os EB’s começaram dançando Popping e Boogaloo, eles também gostam de misturar esses outros estilos aos seus e incentivam todos dançarinos a fazer isso.

Alguns desses estilos:

Air posing
Animation
Boogaloo
Bopping
Centipede
Crazy Legs
Cobra
Dime Stopping
Filmore
Floating/Gliding
Hitting
Popping
Puppet
Robot
Saccin
Scarecrow
Snaking
Spiderman
Sticking
Strobing
Strutting
Ticking
Tutting
Waving

 

Fonte: http://www.electricboogaloos.com/knowledge.html