Buddha Stretch é Emilio Austin Jr, pioneiro do Freestyle Hip Hop Dance e um artista como ele mesmo diz nessa entrevista.

Como surgiu o seu interesse pela dança e quais foram as inspirações no início? Qual era o som da época e como era o cenário da dança?
Meu interesse na dança começou com a minha família. Todos na minha família dançam, minha primeira inspiração foi Soul Train, comecei quando era criança assistindo a Soul Train.

Você é membro do Elite Force Crew e Mop Top. Conte mais sobre esses grupos e quem são os membros.
EliteForce é a crew e MopTop é a fundação! Os membros do EliteForce são: Buddha Sctretch, Henry Link, Brooklyn Terry, Booby Mileage, Loose Joint e Ejoe, e do MopTop são: EFC & Dance Fusion( Caleaf, Marjory, Sekou, Tone, Which-A-Way Sha, Shan S, Hiro) e alguns outros que não estão mais dançando.

Como foi o início do Hip Hop Freestyle Dance? E o que mudou até os tempo atuais?
No começo só tinha a dança, nada de eventos organizados, nada de internet, nada de aulas, sem política, só música boa e pessoas dançando!

Em Joinville, Brasil, você falou que o Hip Hop Freestyle Dance tem um vocabulário. Qual é esse vocabulário? E qual a importância dele?
Cada estilo tem seu vocabulário, Locking tem “The Lock”, “Stop & Go” , etc.. Popping tem o Fresno, Twisto-flex, etc… Hip Hop tem Monastery, Bk Bounce, Criss/Cross, The Dougie, etc… Vocabulário+técnica+Flavor= estilo!

O que é feeling e o que é tecnica dentro do Hip Hop Freestyle Dance?
Feeling é o jeito que a música se move dentro de você! Quando você escuta uma música e imediatamente começa a se mexer. Isso é feeling! As técnicas no Hip Hop são the Bounce, Rock, Skate, tanto como Hitting, Pausing, etc…

Como se dá a evolução do Hip Hop Freestyle Dance? Qual o caminho você vê que ele está tomando?
A dança evolui com a música, se a música fica mais lenta, novas danças são inventadas para acompanhar a musica, se fica mais rápida, novas danças são inventadas para acompanhar a mudança de BPM. A vida evolui, Dança=Vida!

Como foi o seu trabalho com o Michael Jackson no clipe Remember The Time?
Foi assim que o EliteForce foi criado, foi a melhor experiência das nossas vidas!

Qual a sua opinião sobre o “Hip Hop New Style” francês?
HipHop “New Style” *Não É* Francês! New Style é a forma curta de New *York* Style. Os franceses criaram o termo para separar o Street Hip Hop do Hip Hop de estúdio ou comercial.

Qual a relação das danças Krump, Jerk, Street Jazz… com o Hip Hop Freestyle Dance?
Todos eles são sub-estilos do Hip Hip…

O que falta no cenário de danças urbanas hoje em dia?
A Parte *Urbana*! A maioria dos “dançarinos urbanos” são dos subúrbios! As pessoas querem separar o *urbano* de *rua*, mas não conseguem! Urbano=Rua, Rua=Gueto, Gueto=Hip Hop!

Quais nomes você destacaria da nova geração de dançarinos de Hip Hop Freestyle?
Niako, Salas, Naim, C-Cef, Les Twins, Old Future Crew, Saturday Player, Lofd, Martha, & Nikki, Dashac, também conhecido como Jigaboo, Da Gentleman, Soraya, Márcio(BRA), Tommy, Keskiya. Esses são alguns da próxima geração, do mundo inteiro.

Qual a sua relação com outras formas artísticas?
Eu sou um artista, eu desenho, escrevo, pinto, sou DJ, EMCEE, sou bboy. E sou o HIP HOP!

Qual sua opinião em relação ao nível mundial da dança Hip Hop Freestyle e em especial no Brasil?
O nível mundial é ótimo. Mas acho que há muitas perguntas e muita gente discutindo, tem que haver mais dança! O Brasil tem os melhores dançarinos do mundo, ponto final. Menos política e mais dança!

Qual mensagem você gostaria de deixar para os nossos leitores?
Treine! Dance agora, discuta depois!