Autor: Suzana Amaral

Danças Urbanas: Let the battle beggin – Parte 2

Ao passar dos anos vemos a grande decadência dos eventos voltados às danças urbanas. No início, a desculpa era o próprio início, mas o problema é que a organização daqueles primeiros era muito melhor do que a dos atuais. O papel deste texto não é denegrir a imagem de produtores ou de jurados, mas sim pedir uma melhor atenção para a execução dos eventos, para que possam alcançar um nível aceitável, não só para os artistas, como também para o público. Torna-se cada vez mais comum nas batalhas: · Não ter regras previamente estabelecidas. · Ver o chão sujo...

Leia

Danças Urbanas: Let the battle begin

Let the battle begin! A frase mais conhecida pelos praticantes de Danças Urbanas serve como gatilho para o assunto desse texto. Quando voltamos no tempo, percebemos que todos dividiam a mesma roda, o que importava era a diversão. As Danças Urbanas nasceram nas festas, onde não há separação ou regras. Em batalhas que rolavam nas festas, não haviam nem jurados, nem troféus, era dança contra dança, cada dançarino sabia reconhecer quem ganhou e quem perdeu. Qual é o seu estilo? O que você dança? Em quais rodas você dança? Eis a situação, diversas rodas de Danças Urbanas em um...

Leia

Maus profissionais

Profissional pode ser definido como aquele que tem conhecimentos da sua profissão, especialista. Infelizmente, não é o que acontece. Vamos do início: todas as pessoas precisam entrar na escola, passar por fases para se formar, cursar ensino superior ou técnico, para assim ser considerado um profissional. O que acontece na dança que a maioria dos praticantes sentem o desejo de pular essas fases? A ordem natural de qualquer profissão é a pessoa estudar até sentir-se apto a repassar seus conhecimentos. Na dança, as pessoas costumam fazer aulas regulares e workshops, fazem parte de um grupo onde adquirem conhecimentos necessários...

Leia

Atenção: Jurados de Danças Urbanas…

Citarei mais as Danças Urbanas como grandes prejudicadas porque é a área em que mais tive contato até hoje, porém, podemos ter exemplos dessas situações em outras modalidades, já que são muitos os eventos de dança no nosso país e nem todos têm o cuidado e a preocupação devida para com os dançarinos, que são as verdadeiras estrelas da noite, os donos do espetáculo, apesar de certas situações. Para começar: quem nunca recebeu comentários de jurados como, “ótimo trabalho” e, mesmo assim, recebeu apenas 7,5 como nota? Ou talvez, “não entendi a proposta da coreografia”, sendo que a música...

Leia

Danças Urbanas no Brasil: o tempo muda

Hoje, a conhecida geração “youtube”, nova geração de dançarinos, apelidada assim pela geração anterior, nem imagina como eram os eventos de dança há algum tempo. Há 12 anos, os grupos andavam uniformizados como Cheerleaders, tinham gritos de “guerra” e levavam as competições como verdadeiras batalhas navais. Cada título era considerado pelos grupos verdadeiras conquistas, motivo para se orgulhar por anos. Lembrando que essas competições eram coreográficas, nada de batalhas ou distinção de estilos de dança. A categoria “dança de rua” tinha apenas um estilo, cercado por acrobacias, movimentos simétricos e ginásticos, nada parecido com o que temos hoje. Vocês...

Leia

Pin It on Pinterest